Como saber se o reforço escolar está dando certo?

Acompanhar a vida escolar dos filhos pode começar a ficar complicado para os pais a partir de certo ponto. Alguns passam a não ter mais tempo, para outros, falta conhecimento e, assim, o reforço escolar entra como uma ajuda para que a criança se sinta estimulada a ir bem nos conteúdos e, além, a estudar.

Se o seu caso é parecido com uma dessas situações, continue lendo este post! Nós esclarecemos alguns pontos e ensinamos como ver os resultados. Acompanhe!

Qual a importância do reforço escolar?

Para alguns especialistas da área de educação, a ajuda que alguns pais conseguem dar aos filhos fora da escola não é suficiente. Isso porque, normalmente, os pais não são profissionais da área.

Para conseguir ter bons frutos dessa atividade, é recomendável fazer uso do reforço escolar, pois, assim, a criança repassa tudo o que viu na escola com outra linguagem — normalmente mais personalizada e facilitadora da que vê em sala de aula.

Outra vantagem apresentada pelo reforço escolar é que crianças que apresentam dificuldade de aprendizado passam a ter chances maiores de se formarem bem, de modo completo.

O que considerar na hora de escolher o conteúdo?

Antes de tomar qualquer decisão, é importante entender as causas da dificuldade que seu filho tem em alguma área acadêmica. Com isso, ficará mais fácil planejar as ações que serão tomadas para que ele as vença.

Converse com seu filho e com os professores. Veja se o problema é pontual ou comportamental — podendo afetar o aprendizado, em geral. Depois disso, é hora de escolher o conteúdo.

Grade curricular do MEC

A grade curricular do MEC é nacional e tem o objetivo de garantir o pleno desenvolvimento da pessoa, preparando-a para ser uma cidadã e uma profissional. A grade apresenta a formação básica de conteúdos mínimos para as propostas pedagógicas das escolas públicas e privadas — nas áreas de matemática, linguagens, ciências da natureza, ciências humanas e todas as suas tecnologias.

Para melhorar as chances de sucesso de seu filho com o reforço escolar, fique de olho em sua grade curricular atual para saber todo o conteúdo que será lecionado ao longo do ano. Assim, você pode combinar os dois tipos de estudo, direcionando o que será visto no reforço com base no que foi aprendido em sala.

Como saber se está dando certo?

Pode parecer óbvio, mas a melhor forma de saber se o reforço escolar está dando resultado é pelas notas de seu filho e de seu desenvolvimento em sala de aula.

Para isso, é importante acompanhar de perto sua vida acadêmica. Você não precisa ser ativo na parte teórica, mas precisa conversar com a criança, perguntar o que ela tem aprendido, incentivar horários de estudo diário, falar com o professor e participar das reuniões, por exemplo.

Alguns fatores externos também podem contribuir para a melhora de aprendizado. Organizar um local confortável e adequado para que seu filho se concentre no conteúdo pode ser uma boa ideia, assim como adquirir livros de histórias variadas, com os quais ele se identifique, para incentivar que ele leia mais, fomentando sua criatividade, conhecimentos gerais e vocabulário.

Como vimos, contratar o reforço escolar para o dia a dia de estudos de seu filho tem tudo para melhorar seu desempenho e criatividade. Com uma linguagem diferenciada, o aluno terá mais chances de realmente aprender o que é visto em sala de aula.

Gostou do nosso post? Então, assine nossa newsletter na coluna ao lado e receba mais conteúdos interessantes como este direto em sua caixa de entrada!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"