Como motivar seu filho a fazer lição de casa e evitar procrastinação

Conviver com crianças em idade escolar e não lidar com o “corpo mole” na hora de fazer a lição de casa é praticamente impossível. Afinal, tudo parece mais importante do que lidar de uma vez com as tarefas, não é mesmo?

A procrastinação é um problema bastante sério e que pode trazer grandes prejuízos para o desempenho escolar das crianças. Felizmente, é possível resolvê-lo com algumas dicas simples e tornar os pequenos muito mais produtivos.

E aí, seu filho costuma enrolar para fazer as tarefas? Continue a leitura e descubra como deixá-lo mais engajado! 

O que é a procrastinação?

É o termo que se refere, de forma resumida, ao adiamento de uma tarefa que deve ser executada logo. Em outras palavras, é o famoso deixar para amanhã o que se pode fazer hoje.

Esse fenômeno normalmente afeta aquelas ações que não são vistas como prazerosas por aqueles que as procrastinam. Além disso, pode estar ligado a alguns problemas de saúde e ir muito além da simples preguiça. Por isso, é importante descobrir a sua causa e eliminar razões físicas.

Quais são os seus riscos para as crianças?

Embora seja de resolução relativamente fácil, a procrastinação pode deixar marcas no desenvolvimento escolar das crianças. Em alguns casos, a criação de hábitos procrastinadores permanece com o indivíduo até a vida adulta, prejudicando-o em diversos momentos. Confira os principais problemas causados por ela:

  • queda no desempenho escolar;
  • problemas de concentração;
  • dificuldade em manter o foco;
  • ansiedade e depressão;
  • complicações com a responsabilidade.

Como motivar as crianças a fazerem a lição de casa?

Apesar de tudo, a procrastinação é bastante comum e praticamente todos os seres humanos lidam com ela, inclusive os grandes gênios. Os problemas só começam quando ela passa a ser recorrente, afetando o dia a dia das crianças. Confira as nossas dicas para evitar essa questão.

Mantenha as distrações bem longe

É muito mais fácil adiar o que devemos fazer quando temos tantas outras coisas disponíveis para escolher. Imagine só para as crianças, com suas mentes inquietas e cheias de energia.

Por isso, crie um ambiente de estudos que seja livre de distrações e organizado. Ter um lugar especial para estudar criará um senso de responsabilidade nos pequenos, além de minimizar as chances de que eles encontrem outra coisa para fazer.

Ajude-os nas tarefas

A participação dos pais nas tarefas escolares nunca deve ser subestimada e é importantíssima para o desenvolvimento das crianças. Além disso, com a ajuda de um adulto, os pequenos se sentem mais focados nas lições de casa.

Sempre que possível, tire um tempinho para auxiliar seu filho nas lições. Isso é uma ótima oportunidade de criar um momento em família e, de quebra, dificulta a procrastinação. No entanto, lembre-se de nunca fazê-las por eles, hein?

Utilize diferentes métodos de ensino

Diversificar a hora dos estudos é um meio eficiente de captar a atenção das crianças e manter suas mentes focadas por mais tempo.

Algumas técnicas, como pomodoro e o uso de cartões de resposta (também conhecidos como flashcards), são comprovadamente um sucesso. Além disso, utilizar filmes ou músicas para ensinar pode ser muito divertido.

Não se esqueça das recompensas

Assim como nós, as crianças precisam sentir que são amadas e respeitadas para obter um desempenho ainda melhor. Por isso, não deixe de elogiá-las sempre que possível e pegue leve com as críticas quando surgirem erros.

Além disso, recompensar bons comportamentos e o término de tarefas dentro do estipulado no cronograma de estudos é sempre uma boa opção. Priorize recompensas que envolvam atividades em família e una o útil ao agradável!

Como podemos ver, motivar os pequenos a fazerem a lição de casa não é uma tarefa impossível! Com um pouco de paciência e firmeza, é possível dar adeus à procrastinação e mantê-los em dia com seus afazeres escolares.

Para dar ainda mais força ao seu filho, confira algumas atividades extraclasses comprovadamente eficazes na melhora do desempenho escolar!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"