A importância da leitura para o engajamento do aluno com a escola

Ler é um hábito que traz muitos benefícios para quem o pratica. Cientes da validade dessa máxima, os especialistas defendem que esse hábito deve ser incentivado o quanto antes.

Tamanha empolgação em torno dessa prática se justifica: os reflexos da importância da leitura podem ser observados em todas as faixas etárias, sendo uma atitude especialmente positiva para quem está em idade escolar.

Ao mergulhar em uma boa história, crianças e adolescentes tornam-se muito mais envolvidos com as atividades acadêmicas. Pensando nisso, no post de hoje, nós explicamos melhor essa relação.

Aprimora a capacidade de interpretação de textos

A prática da leitura aprimora a capacidade da interpretação de textos, sanando uma das principais dificuldades que, muitas pessoas, até mesmo as mais velhas, costumam apresentar ao longo da vida.

Quanto mais a criança lê, melhor ela compreende o real significado de uma mensagem, adquirindo e exercitando a capacidade de contextualização.

Essa habilidade trará um impacto positivo sobre o desempenho acadêmico de um modo geral, já que o pequeno aprendiz entenderá exatamente o que se espera dele nas questões das diferentes disciplinas.

Além do entendimento, um leitor assíduo também se expressa e escreve com mais facilidade. O contato com o universo das palavras enriquece o vocabulário e estimula a criatividade e a imaginação.

Partindo desse pressuposto, o praticante da leitura adquire o jogo de cintura necessário para se destacar nas mais diversas situações e reconhecer os tipos de linguagens existentes, incluindo as não-verbais.

Melhora a concentração

Você já reparou que toda pessoa que lê com frequência é mais concentrada e não se dispersa com tanta facilidade? A lógica é simples: para entender a história que está sendo contada, ele deve captar os detalhes, inclusive aqueles que não estão explícitos.

Com isso, um dos principais obstáculos ao bom desempenho escolar é solucionado. Não é exagero afirmar que muitos alunos são prejudicados ao final do semestre e tiram notas baixas por conta da sua falta de atenção.

Assim, mesmo em ambientes extremamente lotados ou diante de distrações, como o celular, ele estará treinado para direcionar os seus esforços ao seu compromisso mais importante, transformando, de fato, em uma prioridade.

Raciocínio, afetividade e senso crítico

Do mesmo modo, pode-se perceber a importância da leitura à medida em que se constata o impacto positivo desse hábito sobre o senso crítico. Todo leitor assíduo encontra mais facilidade para emitir opiniões e se posicionar em um debate, justificando seu ponto de vista a partir de argumentos consistentes.

A influência das histórias também se estende ao campo emocional, pois, mesmo que em maior ou menor grau, todos nós somos afetados pelos acontecimentos de um enredo. Em alguns casos, o envolvimento é tão grande que novos interesses são despertados.

A leitura também ajuda a consolidar nossos valores morais, exercendo um importante papel na consolidação do caráter. Com isso, não é exagero afirmar que, a cada página folheada, as crianças se tornem mais afetivas e mais perspicazes.

Conforme elas vão envelhecendo, a complexidade dos textos aumenta. Enquanto leem histórias de aventura e de mistério, eles exercitam o raciocínio lógico na tentativa de desvendar os desfechos.

Esperamos que, após esse texto, a importância da leitura para a melhora do desempenho acadêmico tenha ficado clara. E se você faz parte do time que oferece estímulo constante ao seu filho, compartilhe sua experiência conosco nos comentários.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"